Electricidade Estática

Uma das muitas pequenas coisas que me chateiam.
Terça-feira, 14 de Agosto de 2007

Sete

Compreendo que uma pessoa seja orgulhosa. Há quem tenha motivos para isso. E depois, na dose certa, o orgulho pode ser uma qualidade. Cada caso é um caso.
Compreendo que alguém possa explodir. Que tenha um acesso (ou vários) de ira. Às vezes só assim se recuperam as condições para continuar a viver com temperança.
Compreendo os gulosos. O ser humano tem prazer na alimentação, está na nossa natureza. E a gula nunca anda sozinha, vem sempre acompanhada de indigestão, colesterol, diabetes, etc...
Compreendo aqueles que, uma vez por outra, se rendem à preguiça. Os preguiçosos também pagam as favas por se mexerem pouco. Mas preguiçar sabe bem e (quase) nunca prejudica terceiros.
Compreendo os casos em que a luxúria mais não é do que a incapacidade de controlar o instinto. Alimentá-lo em vez de o controlar é errado. Mas errar é humano.
Compreendo os avarentos que não partilham o que têm porque muito lhes custou a conseguir. Ou porque nunca ninguém partilhou nada com eles.

Não gosto, mas compreendo. Consigo perdoar uma atitude motivada por orgulho ferido. Consigo perdoar um murro na mesa, um chorrilho de palavrões e até um estalo na cara. Também perdoo quando devoram a minha comida, mesmo que me deixem com fome. Também consigo desculpar que não me façam um favor «porque não me apetece» ou que me dêm um apalpão sem que eu deixe. E as vezes que eu já ouvi «não dou» e «não empresto» foram tantas que, se não as perdoasse, seria hoje uma pessoa muito infeliz.

Não compreendo a inveja. Não compreendo o que a move, não sei para que serve, não aceito o que ela faz. É má para quem a sente, e péssima para aqueles a quem se destina. Sabe mal, corrói, não satisfaz, não alivia, não traz nenhum prazer (nem momentâneo). Não compreendo, não gosto e não perdoo.
.:. Patricia às 14:15
link | comentar
2 comentários:
De Mike a 9 de Outubro de 2007 às 17:51
Revi-me neste post... Sou capaz de qualquer desses mortais pecados, em doses justificadas, menos da inveja. Se não me invejarem já fico muito satisfeito.
A ti invejam-te a capacidade de escrita.


De Llew a 17 de Agosto de 2007 às 15:23
Bom post e bem escrito.


Comentar post

Contacto

E-mail


Twitter


Facebook


Formspring.Me

Ultimamente

Primavera

Perguntem...

A propósito de nada em es...

Isto anda assim...

Mais de uma semana depois...

Isto acabou de me acontec...

A verdade.

A Prova dos Nove

A homossexualidade não é ...

A selva.

Pesquisa

 

Há mais tempo

Março 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Todos os dias

Subscrever

Estatísticas